Eleições Gerais e Diretas Já! Vamos barrar as reformas!

A delação do empresário Joesley Batista, divulgada parcialmente ontem, e homologada hoje pelo STF, traz provas irrefutáveis da participação central de Michel Temer no esquema de corrupção que comanda a política brasileira. O apoio ao pagamento de propina ao ex-deputado Cunha para que fique em silêncio mostra que suas eventuais revelações trariam à tona muito mais elementos do esquema de corrupção que envolve o governo. Nada disto é novidade para a população brasileira, que já de longa data sabe que os governantes agem em conluio com os empresários para privatizar os recursos e o patrimônio público, fazendo que o Estado funcione como comitê de negócios da burguesia. O que são as “reformas” ne

Resolução apresentada pelo Bloco de Esquerda no Diretório Nacional

Em esforço de unidade e em busca permanente pela síntese, o Bloco de Esquerda apresentou a seguinte proposta de resolução na reunião do Diretório Nacional do PSOL: 1. A greve geral de 28 de abril, envolvendo cerca de 40 milhões de trabalhadores em todo o país, constituiu sua maior manifestação dos últimos tempos. Na esteira das mobilizações de 8, 15 e 31 de março, os trabalhadores e demais setores oprimidos da sociedade brasileira assumiram o protagonismo, fazendo-se ouvir contra a reforma trabalhista e da Previdência Social propostas pelo ilegítimo governo Temer. 2. Essa greve ocorreu em meio a uma profunda crise, que combina aspectos econômicos, sociais e políticos. Essa crise, q

Editorial: A luta continua!

OUTRA VEZ, NAS RUAS, A CLASSE TRABALHADORA FAZ OUVIR SUA OPOSIÇÃO RADICAL ÀS REFORMAS DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA. 1. O dia 28 de abril de 2017 será lembrado como um dos mais importantes na história recente do país, quando a classe trabalhadora retomou o protagonismo no cenário político e se manifestaram, de forma unitária, contra as contrarreformas encaminhadas pelo governo ilegítimo de Temer no campo previdenciário e trabalhista. 2. Chamada como um dia de greve geral, ela parou, total ou parcialmente, transportes, instituições de ensino e a atividade econômica em diversas capitais e cidades, sendo incontáveis as manifestações e os bloqueios de ruas, de avenidas e dos principais acessos da

colunas

boletim

facebook

por uma frente de esquerda!

acesse também

artigos

Ailton Lopes
Camila Valadão
João Alfredo

arquivo

navegue por tema

A Comuna é uma organização ecossocialista, feminista, antirracista, antilgbtfóbica, antiproibicionista e revolucionária fundada em 2017 no Brasil. Nos referenciamos numa tradição renovada do Marxismo, construímos a IV Internacional (CI) e atuamos como tendência interna do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).