O Movimento Estudantil Revolucionário

Fonte: Mandel, Ernest. Os estudantes, os intelectuais e a luta de classes. Lisboa: Edições Antídoto, 1979. pp 19-39. Transcrição: Daniel Monteiro HTML: Fernando A. S. Araújo Direitos de Reprodução: © Edições Antídoto. Gentilmente cedidos pela Associação Política Socialista Revolucionária. INTRODUÇÃO Em Setembro e Outubro de 1968, Ernest Mandel efectuou diversas conferências em trinta e três colégios e universidades nos Estados Unidos e no Canadá, de Harvard a Berkley e de Montréal a Vancouver. A sua exposição na Assembleia Intenacional dos Movimentos Revolucionários Estudantis, sob a égide dos Estudantes para uma Sociedade Democrática (SDS), da Universidade de Columbia, foi considerada com

LGBTFOBIA NÃO É BOM SENSO. LGBTFOBIA MATA!

Foram assassinadas 8.027 pessoas LGBTs, no Brasil, entre 1963 e 2018, em razão de sua orientação sexual ou identidade de gênero. Quatrocentas e vinte somente no ano de 2018. Todos os dias alguma pessoa lgbt é espancada, morta a pauladas, das formas mais cruéis, ou comete suicídio. Mortes provocadas por serem quem são. Diante disso, o que tem preocupado e mobilizado diversas representações religiosas é sua liberdade para continuar pregando como pecado a existência das sexualidades e identidades diversas da heterocisnormativa. Foi o caso lamentável de nota divulgada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), regional do Ceará, em que trata a criminalização da lgbtfobia como sendo a

O caminho da Servidão

"A expectativa de vida no Nordeste tá na casa dos 70 anos de idade. Querer aprovar uma reforma com 65 anos é no mínimo uma falta de humanidade", assim afirmou o atual presidente na época de campanha. Já agora afirmou que os "trabalhadores mais pobres já se aposentam aos 65 anos". É verdade e, na proposta do governo, vai piorar! Os mais pobres demoram mais para se aposentar - os que conseguem - porque levam mais tempo para somar contribuição. E agora vão demorar mais se o tempo mínimo de contribuição aumentar para 20 anos. E quem recebe o BPC - Benefício de Prestação Continuada, vai receber menos: 400 reais! Mas para o governo talvez seja um grande privilégio terem estendido tal benefício de

O que é ecofeminismo: as chaves para a dignidade humana e a sustentabilidade na igualdade

Tradução Mari Luppi Revisão a partir da versão em inglês: Tiago Moreno 30/11/2011 | Entrevista com Yayo Herrero (Ecologistas em Ação) Esta entrevista foi originalmente publicada no Solidarité Switzerland com a seguinte introdução: Nos países francófonos não há muita literatura sobre ecofeminismo e o pouco que existe é o ecofeminismo espiritualista. Além disso, o ecofeminismo é visto com considerável desconfiança, inclusive por setores ecologistas radicais. Por um lado, esse movimento incipiente é visto como um retorno místico à terra e, por outro lado, não se compartilha a ideia de que, pelo simples fato de ser mulher, há uma relação mais direta e diferente com a natureza. Para nos esclarece

Uma história aberta: Blanqui e Bensaid

Todos os pensadores têm seus pensadores-pai; ninguém mais do que Daniel Bensaïd. As figuras de Charles Péguy, Walter Benjamin e Louis Auguste Blanqui são recorrentes ao longo de seu trabalho. Neste artigo, Émile Carmes estuda o profundo envolvimento de Bensaïd ao longo dos anos com o trabalho de Blanqui Os amantes do passado geralmente adoram apenas congelá-lo (preservando suas sombras como insetos enquadrados, sejam glórias amargas ou nostalgia fossilizada); os revolucionários, por outro lado, mergulham nele para melhor voltar à superfície, com os pulmões cheios das fortes respirações dos anos passados. Bensaïd foi certamente um dos últimos. Ele convocou os mortos para dar coragem aos vivos

"A sociedade brasileira sempre foi desigual e racista"

A economista e cientista política Rosa Marques analisa o Brasil sob o governo Bolsonaro Poucos dias antes a greve geral convocada para 14 de junho no Brasil, a pesquisadora aponta as condições que levaram Bolsonaro ao poder e sua dificuldade em sustentá-los. Entrevista feita por Natalia Aruguete Enquanto Jair Bolsonaro desfrutava de um jantar romântico com sua esposa no emblemático "Señor Tango", os cidadãos do gigante sul-americano permaneciam em alerta, dias de manifestações em massa contra cortes na educação e em defesa da aposentadoria, violados para uma reforma iminente que aparentemente não será resistida na arena parlamentar. As expectativas de grande parte da sociedade e da oposição

colunas

boletim

facebook

por uma frente de esquerda!

acesse também

artigos

Ailton Lopes
Camila Valadão
João Alfredo

arquivo

navegue por tema

A Comuna é uma organização ecossocialista, feminista, antirracista, antilgbtfóbica, antiproibicionista e revolucionária fundada em 2017 no Brasil. Nos referenciamos numa tradição renovada do Marxismo, construímos a IV Internacional (CI) e atuamos como tendência interna do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).