Tese para o 7º Congresso Nacional do PSOL

TECENDO O AMANHÃ ECOSSOCIALISTA, FEMINISTA, ANTIRRACISTA, ANTILGBTFÓBICO E LIBERTÁRIO: POR UM PROGRAMA REVOLUCIONÁRIO PARA O PSOL Tese da Comuna e de militantes independentes CONJUNTURA INTERNACIONAL E NACIONAL 1. O mundo passa por um forte processo de limitação da democracia formal, como consequência da ofensiva dos capitalistas para jogar os custos das crises sobre os setores populares. Isto se faz sentir de diferentes maneiras em cada formação social nacional. 2. Em muitos lugares, os povos originários estão na linha de frente do enfrentamento à ofensiva neoliberal, e a classe em seu conjunto tem levado adiante lutas no Chile, no Equador e em outros países. A Colômbia passou, recentemen

colunas

boletim

facebook

por uma frente de esquerda!

acesse também

artigos

Ailton Lopes
Camila Valadão
João Alfredo

arquivo

navegue por tema

A Comuna é uma organização ecossocialista, feminista, antirracista, antilgbtfóbica, antiproibicionista e revolucionária fundada em 2017 no Brasil. Nos referenciamos numa tradição renovada do Marxismo, construímos a IV Internacional (CI) e atuamos como tendência interna do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).