PELA VIDA E DIGNIDADE DAS FAMÍLIAS DA OCUPAÇÃO 29 DE MARÇO EM CURITIBA


Na madrugada deste Sábado (08/12) as famílias da Ocupação 29 de Março, na Cidade Industrial de Curitiba/Paraná, tiveram suas casas e estruturas da ocupação incendiadas durante uma ação truculenta da Polícia Militar do Paraná.

Rechaçamos a perseguição desmedida das forças policiais e o uso progressivo da violência sem critérios na Ocupação já mencionada e em outras ocupações da Cidade Industrial. A violação de residências sem autorização mostra uma grave afronta à liberdade de organização do povo sem moradia e aos direitos humanos.

O Corpo de Bombeiros do Paraná estima que 300 moradias foram queimadas e centenas de pessoas desabrigadas se encontram agora sem condições de alimentação e outras necessidades, a não ser pelas doações e ações de voluntários que se somam. Há também a confirmação da morte de um morador e relatos de outras.

Nesse sentido, a Comuna Paraná, tendência interna do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), se coloca solidária às famílias, se soma às centenas de lutadores por moradia em Curitiba e irá girar seus esforços para atender as necessidades mais imediatas dessas famílias por meio de seus e de suas militantes.

Ainda cobramos medidas imediatas da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Governo do Estado do Paraná, principais entes causadores do abandono das políticas de moradia e deste episódio, que resolvam de pronto a situação e que a Polícia Militar do Paraná cesse as ameaças de intervenções que poderiam desestabilizar ainda mais a segurança das famílias na região.

Paraná, 08 de Dezembro de 2018.

acesse também

arquivo

João Alfredo
Camila Valadão
Ailton Lopes

artigos

facebook

A Comuna é uma organização ecossocialista, feminista, antirracista, antilgbtfóbica, antiproibicionista e revolucionária fundada em 2017 no Brasil. Nos referenciamos numa tradição renovada do Marxismo, construímos a IV Internacional (CI) e atuamos como tendência interna do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).