NADA SEM NÓS!



Em meio a derrotas no primeiro turno das eleições, o PSOL acenou com importantes vitórias eleitorais. Nossa bancada na Câmara dos Deputados no Congresso em federação com a REDE é de 14 parlamentares, sendo 12 do PSOL, com destaque a Boulos que foi o deputado mais votado em São Paulo e o segundo mais votado no Brasil. Já nos estados e no Distrito Federal, nós somamos a vitória de 22 parlamentares.

O PSOL elegeu bancadas combativas por todo Brasil mais uma vez! Somamos votações históricas com campanhas coletivas, indígenas, negras, periféricas, jovens, feministas, LGBTQIAPN+, anticapitalistas e ecossocialistas que foram para as ruas representando a diversidade da classe trabalhadora brasileira. Campanhas pela defesa da democracia, dos direitos sociais, na luta por dias melhores e empenhados em eleger Lula no primeiro turno das eleições. Agora, no segundo turno, vamos canalizar essas votações, construir mobilizações em todo país e derrubar Bolsonaro nas urnas e cavar a derrota do bolsonarismo nas ruas.

História que também fizemos no Espírito Santo: elegemos Camila Valadão, a mulher mais votada da história do estado com 52.221 votos válidos.

Camila é assistente social, negra, mãe do Chico, trabalhadora, militante pelos Direitos Humanos e doutora em Política Social. Filiada ao PSOL desde 2005, ela vive seu primeiro mandato como vereadora de Vitória, Capital do Espírito Santo. Elegeu-se em 2020 como a primeira vereadora negra na cidade e construiu um mandato forte, combativo, coletivo e propositivo. Um mandato a serviço da luta dos movimentos sociais que se enraizou não só na cidade de Vitória, foi além. Hoje é referência na política capixaba e Camila ecoa essa voz representativa.

Desde o início de sua trajetória, tem se dedicado à luta das mulheres, dos povos pretos e periféricos, da população LGBTQIAPN+, das juventudes, das infâncias, dos trabalhadores e trabalhadoras. Foi no seio dessas lutas e com muita gente caminhando e construindo um projeto coletivo que chegamos à Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

Já em 2020 apontamos que nossa vitória eleitoral não tinha sido por acidente, foi fruto de organização em torno de um projeto coletivo que Camila representava. Agora, dando sequência a esse processo, arrastamos gente diversa do norte, sul, litoral e da serra, que confia no nosso projeto. Fomos juntas, juntos e juntes com Camila, a virada aconteceu, elegemos nossa deputada estadual, mulher preta e de luta. Nosso bloco ocupou a avenida rumo a ALES!!!


acesse também

arquivo

João Alfredo
Camila Valadão
Ailton Lopes

Colunas 

facebook

NÃO_OUVIU_AINDA-02.png